Itens proibidos em estádios de futebol no Brasil

Muita coisa não pode entrar em estádio e, se você levar, vai direto pro lixo

allianz-parque
Foto: Verdão na Web

Oi, gente!

Não sei se todo mundo sabe (quem me acompanha nas redes sociais sabe, então me segue por lá tb, os links tão no final do post!), mas eu sou viciada futebol. Sou palmeirense fanática e vou em TO-DOS os jogos nos quais o Palmeiras é mandante. E sempre que posso vou em outros também. Por isso, já tô bem acostumada com o que pode e o que não pode levar em estádios.

Então, resolvi fazer aqui uma lista de itens que não são liberados. Assim, se estiver programando sua primeira visita a um estádio de futebol, você vai conseguir se organizar melhor para não precisar jogar nenhum dos seus pertences no lixo – porque, caso leve algo proibido, você tem duas opções: ou joga fora, ou dá meia volta e vai para casa.

 

Para você não perder o jogo e nem suas coisas, olha só tudo o que é proibido em estádio:

  • Armas de qualquer tipo, inclusive brancas: armas de fogo, facas, canetas, tesouras, pedras, canivetes, martelos, lâminas de barbear, chave de fenda, agulha, alicate, entre outras, até bastão de selfie e tripé de câmera entra nessa lista (a não ser que você seja credenciado como imprensa);
  • Garrafas (inclusive garrafinhas de água), latas e caixinhas Tetrapak também são proibidas. Lanches também são proibidos. Tudo o que for de comer ou beber deve ser comprado dentro do estádio, com apenas algumas exceções como mamadeira para bebês e comidas específicas indicadas por médicos para doentes – mas é preciso levar documentos que comprovem a necessidade;
  • Fogos de artifício, sinalizadores e bandeirões (para qualquer estádio do Estado de SP);
  • Drogas (ah vá, né? Mas, sempre tem alguém que passa, assim como sempre tem alguém que se dá mal, hahahah); 
  • Cartazes, faixas ou bandeiras muito grandes (o máximo permitido é 2 m x 1,5 m, mas levar desse tamanho é pedir para ser barrado, então é melhor levar um menor), também são proibidos cartazes de qualquer tamanho que contenham mensagens ofensivas ou racistas;
  • Qualquer animal, exceto cães guias;

E a lista continua:

  • Qualquer substância inflamável (com exceção do esqueiro pessoal);
  • Qualquer objeto que seja maior do que 25 cm x 25 cm x 25 cm;
  • Cadernos e livros (pois podem ser arremessados ou ateados fogo);
  • Qualquer instrumento musical, incluindo apitos, buzinas, vuvuzelas e megafones;
  • Qualquer laser, por menor que seja (incluindo aqueles vermelhos muuuuito irritantes);
  • Câmeras muito grandes e que possuam lentes removíveis e outros equipamentos são permitidos apenas para credenciados da imprensa;
  • Notebooks, iPads, tablets ou outros aparelhos eletrônicos que não sejam o celular;
  • Bicicleta, patins, skate, patinete ou qualquer outro meio de transporte com ou sem motor, a única exceção é a cadeira de rodas;
  • Por fim, qualquer outra coisa que, na revista, seja interpretado como indiciador de violência ou que, de alguma forma, possa colocar em risco a segurança dos frequentadores do estádio ou do próprio local em si;

 

A lista é longa, eu sei! Mas, fazer o que, né? É para garantir a segurança do jogo, assim todo mundo consegue curtir o futebol 🙂

 

Beijinhos,

Gi

Tô por aqui também:
Insta: @gifrugis
Face: Facebook.com/gifrugis
Twitter: @gi_frugis